"Caso tudo isso seja um trabalho inconsciente para me perder, parabéns, você está conseguindo. Mas se ainda existir dentro de você alguma esperança, eu preciso demais que você me abrace e me faça sentir aquilo novamente. É fácil, basta você querer, eu ainda quero tanto. Eu preciso sentir que você ainda sente, eu preciso que o seu coração dê um choque no meu, eu preciso saber que seu peito ainda aperta um pouco quando eu vou embora e se espalha como borboletas nas veias quando eu chego."
"Mas antes de dar errado, eu tinha certeza de que a gente dava muito certo."
"Relax. You will become an adult. You will figure out your career. You will find someone who loves you. You have a whole lifetime; time takes time. The only way to fail at life is to abstain."
"Sabe, estou farta dos outros me dizendo como devo tocar a vida, tudo que eu devo fazer, até onde posso ir, quando tenho de voltar, as coisas que eu preciso realizar, o papel que eu tenho de cumprir. Eu me sinto a personagem principal de algum, sei lá, romance de autoajuda, onde a heroína é instruída pelo narrador o tempo todo. Respire corretamente! Controle suas emoções! Ande em linha reta! Não desista de seus sonhos! Porra, eu nem tenho ideia de quais são meus sonhos, nunca ninguém me deixou pensar nisso! De que adianta fugir dos próprios erros, nós não somos caracterizados por eles, afinal? Se somos nossos erros, nossas escolhas, nossas dúvidas, nossos sonhos, honestamente, eu não sei quem eu sou. Você entende?"
"Olho para trás e vejo aquela menina que queria entender tudo, com medo de que não coubesse tamanha quantidade de informação dentro de si. Coube e ainda cabe. E quanto mais entra, mais sobra espaço para a dúvida. Compreendo hoje que nunca entenderei a morte, os sonhos, a sensação de dejá-vu e as premonições. Nunca entenderei por que temos empatia com uma pessoa e nenhuma com outra. Não entendo como o mar não cansa, nem o sol. Não compreendo a maldade, ainda que a bondade excessiva também me bote medo."
"Se a paixão é mesmo uma doença, como alguns cientistas embezerrados estão sempre tentando provar, deve ser difícil diagnosticar: as dores do estômago podem ser uma gastrite nervosa; o emagrecimento repentino pode indicar um quadro anêmico; o suor excessivo nas axilas talvez seja sintoma de hiper-hidrose; não pensar em mais nada vale como T.O.C.; batimentos acelerados podem ser encarados como taquicardia; o tremor nas mãos, Mal de Parkinson; e uma vez assisti um episódio de House explicando que euforia excessiva sugere que você passou muito tempo respirando o mesmo ar que um pacífico pombo. Como não há pombos na minha janela e o Dr. Google descartou todas as outras suspeitas, acho que estou mesmo apaixonado – embora eu preferisse estar enfermo pra valer."
"Aquele sorriso seria capaz de pôr fim a guerras e curar o câncer."